Canal Curta exibe produção “Fim do silêncio”, do Selo Fiocruz Vídeo

por
Pâmela Liarena
,
10/05/2016

No mundo, são praticados 20 milhões de abortos inseguros, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS). No Brasil, a cada dois dias, morre uma mulher que interrompeu a gravidez e, por ano, a média é de um milhão. São números alarmantes e que atentam para uma grande questão: a (des)criminalização do aborto. É exatamente sobre o que trata o filme “Fim do silêncio”, produzido pelo Selo Fiocruz Vídeo, em 2008, e que está em exibição no Canal Curta.

Mulheres falam abertamente sobre o sofrimento físico e psicológico adquirido com o drama de ter abortado pela primeira vez e até mais de uma vez. A diretora do documentário, Thereza Jessouroun, visitou várias cidades brasileiras e recolheu depoimentos vindos de diferentes classes sociais, em busca de discussão e reflexão sobre os motivos que levam a este ato e as consequências. Falta de informação, insegurança, medo, ausência de amparo do Estado, são apenas alguns dos fatores que ficam explícitos.

A produção vai ao ar, em maio, nos dias 20, às 23h, 21, às 3h05 e às 11h, 22, às 22h, e 23, às 17h. O Canal Curta está disponível no pacote básico das principais operadoras de PayTV do país, como GVT (canal 83), NET (canal 56) e Claro (canal 56). O filme também está disponível na íntegra no canal da VideoSaúde no YouTube e, em DVD, na Editora Fiocruz.

Ficha técnica

Gênero: documentário 

Diretor: Thereza Jessouroun 

Duração: 52 min     

Ano: 2008     

País: Brasil

Classificação indicativa: 14 anos

 

Comentar

Preencha caso queira receber a resposta por e-mail.

Para saber mais

Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (Icict/Fiocruz)
Av. Brasil, 4.365 - Pavilhão Haity Moussatché - Manguinhos, Rio de Janeiro
CEP: 21040-900 | Tel.: (+55 21) 3865-3131 | Fax.: (+55 21) 2270-2668

Este site é regido pela Política de Acesso Aberto ao Conhecimento, que busca garantir à sociedade o acesso gratuito, público e aberto ao conteúdo integral de toda obra intelectual produzida pela Fiocruz.

O conteúdo deste portal pode ser utilizado para todos os fins não comerciais, respeitados e reservados os direitos morais dos autores.

logo todo somos SUS