Canal Futura exibe filmes do Selo Fiocruz Vídeo

por
Comunicação VideoSaúde
,
07/06/2021

O Canal Futura, em parceria com a VideoSaúde, exibirá em junho quatro documentários integrantes do catálogo do selo Fiocruz Vídeo que trazem reflexões sobre saúde e ciência. Os vídeos refletem a realidade de grupos sociais que vivem na região da bacia do rio São Francisco ao longo do século; a dor de avós que fazem o papel de pais na criação dos netos e um outro olhar sobre o dia a dia dos usuários de drogas e pessoas em situação de rua. 

‘Saúde! Velho Chico’, retrata a situação de saúde das pessoas que vivem às margens do rio São Francisco, os conflitos socioambientais e o que mudou ao longo do século para a vida das populações locais. 

Com muita sensibilidade, o documentário ‘Evitável’ traz relatos dolorosos e emocionantes de avós em relação à perda de suas filhas após complicações no parto e a difícil tarefa de criar os netos em meio à ausência e saudade. Em maio deste ano o filme foi convidado para ser exibido na Comissão de Equidade de Gênero do Tribunal de Justiça de São Paulo, promovendo o debate público sobre a questão da mortalidade materna e dos direitos das mulheres.

Como parte da programação do Dia Internacional contra o Abuso e Tráfico Ilícito de Droga, o documentário ‘Crack, repensar’ apresenta o ponto de vista do usuário desconstruindo estigmas sobre os vícios e as drogas e promovendo um debate sobre a vida de pessoas invisíveis na sociedade, que têm seus direitos negligenciados.

E ainda, ‘Territórios marginais’, que mostra a conexão de pessoas em situação de rua compartilhando histórias, vivências e dificuldades. ‘Territórios marginais’ e ‘Evitável’ foram lançados na última edição do Edital Selo Fiocruz, em dezembro de 2019. 

A parceria com o Canal Futura está associada aos objetivos da Política de Comunicação Pública da Fiocruz, que aponta que os conteúdos produzidos pela instituição devem circular amplamente para a promoção da saúde. A programação do Futura tem se destacado, de outra parte, por exibir produções que fazem ampliar o debate qualificado sobre temas de grande interesse social, chegando, pelo alcance do canal, a todas as regiões do Brasil. 

12/06, sábado, 21h | Saúde Velho Chico

Em 1912, os cientistas Adolpho Lutz e Astrogildo Machado realizaram uma expedição ao Rio São Francisco para investigar as condições de saúde da região. Utilizando as fotografias desta expedição, pesquisadores da Fiocruz voltaram ao Velho Chico para documentar as mudanças ambientais e os reflexos na vida dos habitantes.

Reprises:
14/06, segunda, às 3h
19/06, sábado, às 2h

26/06, sábado, 2h30 | Evitável

‘Evitável’ fala de ausência. Da ausência e da história de mulheres vítimas de morte materna, cujas trajetórias interrompidas forçam inesperados rearranjos familiares.

26/06, sábado, 21h |Crack, repensar 

Em uma sociedade de dependentes, questões como a redução de danos, internação compulsória e regulação das drogas precisam ser repensadas. Essa é a proposta do documentário ‘Crack, repensar’, que reúne depoimentos de usuários, ex-usuários, especialistas em saúde pública, acadêmicos, gestores e profissionais que atuam na promoção da justiça em um polêmico debate sobre como conviver com as drogas uma sociedade dependente. 

27/06, domingo, 23h30 | Territórios Marginais

Por meio de vídeo-cartas, moradores de rua de duas grandes cidades brasileiras falam de si, fabulando suas vidas e se reinventando diante da câmera. Reconhecem-se. Revelam diferentes dimensões a serem consideradas quando se aborda a questão das populações de rua. Apontam subjetividades e o lugar da redução de danos na nossa sociedade.
 

Comentar

Preencha caso queira receber a resposta por e-mail.

Para saber mais

Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (Icict/Fiocruz)
Av. Brasil, 4.365 - Pavilhão Haity Moussatché - Manguinhos, Rio de Janeiro
CEP: 21040-900 | Tel.: (+55 21) 3865-3131 | Fax.: (+55 21) 2270-2668

Este site é regido pela Política de Acesso Aberto ao Conhecimento, que busca garantir à sociedade o acesso gratuito, público e aberto ao conteúdo integral de toda obra intelectual produzida pela Fiocruz.

O conteúdo deste portal pode ser utilizado para todos os fins não comerciais, respeitados e reservados os direitos morais dos autores.

logo todo somos SUS