Estado do Rio de Janeiro tem baixos índices de vacinação contra a poliomielite

por
Bel Levy (Observa Infância)
,
08/09/2022

Crédito da imagem: Caderneta de vacinação infantil | Peter Illiciev (CCS/Fiocruz) | Fiocruz Imagens (Icict/Fiocruz)

Somente 13 dos 92 municípios do estado do Rio de Janeiro atingiram a meta de 95% das crianças de até um ano imunizadas contra a poliomielite em 2021. A capital também vacinou menos do que deveria: 84% do público-alvo completou o esquema vacinal contra a doença, também conhecida como paralisia infantil. Em 30 municípios fluminenses a vacina chegou a menos da metade da população-alvo, ou seja, a cobertura vacinal desses lugares é considerada muito baixa.

No ano passado, a média de cobertura contra a poliomielite em todo o estado foi de 61%, muito distante da meta de 95% e abaixo também da média nacional, a menor dos últimos 25 anos. Em 2021, apenas 75% dos bebês menores de um ano foram imunizados contra a doença em todo o país.

Em 2020, o relatório da Comissão Regional para a Certificação (RCC) da Erradicação da Poliomielite nas Américas (OPAS/OMS) expressou preocupação com a possibilidade de reintrodução do poliovírus no Brasil. O país passou a integrar a lista de alto risco para a doença, ao lado de Bolívia, Equador, Guatemala, Haiti, Paraguai, Suriname e Venezuela. 

Comentar

Preencha caso queira receber a resposta por e-mail.

Assuntos relacionados

Dados do Observa Infância mostram a importância da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite

Patrícia Boccolini, coordenadora do Observa Infância, destaca os números da vacinação no Brasil

Poliomielite, sarampo e outras doenças evitáveis ameaçam crianças brasileiras

Dados inéditos do Observa Infância apontam que, na última década, o Brasil registrou queda na cobertura das vacinas mais antigas do calendário infantil

Laboratório de Informação em Saúde - LIS

Atua na geração e divulgação de informações para a formulação de políticas públicas e monitoramento do sistema de saúde, da situação de saúde da população brasileira e seus determinantes sociais e ambientais.

Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (Icict/Fiocruz)
Av. Brasil, 4.365 - Pavilhão Haity Moussatché - Manguinhos, Rio de Janeiro
CEP: 21040-900 | Tel.: (+55 21) 3865-3131 | Fax.: (+55 21) 2270-2668

Este site é regido pela Política de Acesso Aberto ao Conhecimento, que busca garantir à sociedade o acesso gratuito, público e aberto ao conteúdo integral de toda obra intelectual produzida pela Fiocruz.

O conteúdo deste portal pode ser utilizado para todos os fins não comerciais, respeitados e reservados os direitos morais dos autores.

logo todo somos SUS