Boas práticas no campo da saúde da pessoa idosa

por
Cristiane d'Avila
,
01/04/2015

Será lançado no próximo dia 15/4, como parte do aniverário de 29 anos do Icict, o site "Saúde da pessoa idosa: boas práticas". A página apresenta o "Mapeamento de Experiências Municipais e Estaduais no Campo do Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa", uma iniciativa da Coordenação de Saúde da Pessoa Idosa (Cosapi/Dapes/SAS) do Ministério da Saúde, em parceria com o Laboratório de Informação em Saúde (Lis/Icict/Fiocruz). A apresentação do site será seguida de debate com pesquisadores do Lis/Icict e da Cosapi.

Coordenado na Fiocruz pela pesquisadora do Lis/Icict Dália Romero, o objetivo do site é dar visibilidade às boas práticas de municípios e estados no campo da saúde da pessoa idosa. Com isso, espera-se incentivar os gestores a fomentarem estratégias e ações que contribuam para qualificar o cuidado à pessoa idosa no Sistema Único de Saúde.

Grande parte das iniciativas inscritas envolvem práticas de promoção da saúde, estabelecimento de novos arranjos institucionais e novas perspectivas sobre o envelhecimento. A proposta é refletir sobre o SUS que dá certo, e o esforço de trabalhadores e gestores comprometidos com a garantia do direito à saúde da população idosa brasileira.

O processo de mapeamento das experiências inicia-se com uma ampla divulgação da Cosapi/MS do edital com as regras da iniciativa, critérios de seleção e cronograma. A partir disso, são abertas as inscrições para gestores estaduais e municipais cadastrarem suas iniciativas em um formulário on-line, no qual são solicitadas informações como: objetivos do projeto, número de pessoas idosas beneficiadas, método de trabalho e resultados obtidos. Podem ser enviados vídeos, fotografias, áudios e links de reportagens sobre o relato.

Em 2013, foram inscritas mais de 100 experiências. Em 2014, foram 77 concorrentes das cinco regiões do país. O site vai apresentar as 12 experiências exitosas de cada ano. No dia do lançamento serão apresentadas as seguintes experiências exitosas: 

  • Programa Acompanhante de Idosos (Secretaria de Saúde da Cidade de São Paulo/Associação Saúde da Família, Centro Social Nossa Senhora do Bom Parto e Superintendência de Atenção à Saúde do Serviço Social da Construção Civil)
  • Projeto Carta ao Amigo (Secretaria de Saúde da Cidade de São Paulo/Programa Acompanhante de Idosos/Associação Saúde da Família/SP)
  • Construindo uma abordagem para redução das vulnerabilidades da população idosa ao HIV/AIDS no Estado do Rio Grande do Sul (CESI/RS)
  • A Potencialidade do Profissional de Saúde para a Mediação de Conflitos Intra-familiares: a experiência do Programa de Atenção Domiciliar ao Idoso da Gerência de Programa de Saúde do Idoso (SMS/RJ)

O lançamento será realizado no dia 15/4, no auditório do Icict, prédio da Biblioteca de Manguinhos, sala 202, campus da Fiocruz, Manguinhos. 

Fonte: saudedapessoaidosa.fiocruz.br/ (site em homologação)

 

Comentar

Preencha caso queira receber a resposta por e-mail.

Assuntos relacionados

Pesquisadores em militância pela saúde do idoso

Seminário apresenta iniciativas do Lis/Icict em prol de pesquisas sobre envelhecimento e saúde da população idosa no país

Quando o passado faz a diferença no cuidado e planejamento da saúde dos idosos

Hirám Beltrán-Sánchez e Dália Romero falam sobre a possível parceria entre o Icict e a Universidade de Wiscosin-Madison

Pesquisadores em militância pela saúde do idoso

Seminário apresenta iniciativas do Lis/Icict em prol de pesquisas sobre envelhecimento e saúde da população idosa no país

Para saber mais

Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (Icict/Fiocruz)
Av. Brasil, 4.365 - Pavilhão Haity Moussatché - Manguinhos, Rio de Janeiro
CEP: 21040-900 | Tel.: (+55 21) 3865-3131 | Fax.: (+55 21) 2270-2668

Este site é regido pela Política de Acesso Aberto ao Conhecimento, que busca garantir à sociedade o acesso gratuito, público e aberto ao conteúdo integral de toda obra intelectual produzida pela Fiocruz.

O conteúdo deste portal pode ser utilizado para todos os fins não comerciais, respeitados e reservados os direitos morais dos autores.

logo todo somos SUS